Loading...

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Vorax o primeiro esportivo brasileiro

Desta vez, o Brasil emplaca seu primeiro esportivo com potencial para conquistar o mercado internacional.
A marca Rossin-Bertin, associação entre o designer Fharys Rossin e o empresário Natalino Bertin Junior deseja colocar nas ruas um super esportivo com um design arrojado e digno de competir com as maiores marcas do mercado de alta performance mundial.

Fharys Rossin é um ex-designer da GM, responsável pelo projeto do novo Camaro, já Natalino Bertin Junior, dono da loja de importados Platinuss em São Paulo, conhecido por vender super esportivos como Spyker e Pagani. É ex-herdeiro do frigorífico Friboi, entrou no projeto como investidor e para cuidar das vendas tanto para o Brasil quanto para o mercado internacional.

O Vorax é coupé com linhas agressivas e com um desempenho de deixar água na boca. Sua velocidade máxima é de 330 km/h e arranque impressionante de 0-100km/h feitos em apenas 3,8 segundos, superando o Audi R8 V10 com motor Lamborghini e também a Lamborghini Gallardo LP540-4, tanto em potência, quanto na aceleração de 0-100kmh e preço.




Vorax V10 570cv - 0-100km/h em 3,8s. Preço: R$700 mil
Audi R8 V10 525cv - 0-100km/h em 3,9s. R$ 750 mil
Lamborghini Gallardo LP 540-4 560cv - 0-100km/h em 4s. R$1.450.000 mil

Talvez um dos maiores desafios da Rossin-Bertin seja agregar à marca o mesmo status que os proprietários têm num Audi, Lamborghini, Ferrari e Porsche.

Voltando a enaltecer as qualidades do Vorax, não podemos deixar passar que a Rossin-Bertin não poupou investimentos para confeccionar a carroceria desta incrível máquina feita em fibra de carbono, portanto, leve e resistente. O chassi é feito em alumínio especial e garante um peso de 220 kg, três vezes inferior a um equivalente feito em aço. Seu peso é de 1.300kg.
Falando em motor, são apenas 3 letras para decifrar esta charada: BMW V10. Motor da M5 retrabalhado, gerando na versão de entrada 570cv de potência e na versão top 750cv de potência.

Imagem Notícia

As primeiras unidades deste projeto serão entregues em 2012, sendo feito por inteiro em Blumenau-SC. Em 2013 será lançado o Vorax conversível.

Vale à pena salientar, que para os brasileiros que tenham condições de ter um carro deste nível, deveriam comprá-lo, para incentivar o mercado automobilístico nacional, pois estamos carentes de uma grande marca e que possa quem sabe num futuro próximo ser uma das grandes marcas de esportivos do mundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário